BLOG
Climbing Service
11Jan
manutenção de EPI

Entenda como funciona a manutenção de EPI

Os EPIs são imprescindíveis no alpinismo industrial. Esses equipamentos são responsáveis por promover proteção individual para os profissionais e evitar lesões durante o serviço. Por essa razão, qualquer problema durante a manutenção de EPI pode ser fatal. A periodicidade e o cumprimento dos requisitos são fundamentais para que as ferramentas estejam sempre em bom estado de conservação.

Para que você entenda todos os detalhes sobre a manutenção de EPI, preparamos este artigo. Aqui, será possível compreender quais são os processos que uma empresa especializada deve seguir para manter a preservação desses equipamentos. Continue lendo para saber mais!

Qual a importância da boa manutenção de EPI?

como funciona manutenção de EPI

Como citamos anteriormente, o uso de EPI é imprescindível para manter a segurança dos profissionais de empresas de alpinismo industrial. Além disso, manter esses itens em boa conservação é benéfico para reduzir os custos da empresa. Afinal, a prevenção de acidentes no trabalho e o cumprimento de normas técnicas previne multas e outros gastos com tratamentos médicos.

Lembre-se que a produtividade também é muito afetada pela falta de conservação. Ao utilizar equipamentos inadequados ou mal preservados, o profissional fica desconfortável ao desempenhar suas funções. Por essa razão, de acordo com a norma NR 6, esses equipamentos devem ser fornecidos gratuitamente ao trabalhador, em ótimas condições de uso. É importante frisar que os itens devem ser oferecidos de acordo com a função de cada profissional.

Como é feita a manutenção de EPI?

Primeiramente, os equipamentos devem ser aprovados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Além disso, eles devem estar dentro do prazo de validade apontado pelo Certificado de Aprovação (CA). Seguindo esses cuidados, será possível assegurar a qualidade dos equipamentos e o cumprimento das normas vigentes.

Dependendo do tipo de aparato, pode ser necessária a realização de uma inspeção formal. Essa revisão deve ser feita por um profissional legalmente habilitado, que garantirá a eficiência do procedimento. Geralmente, essa tarefa é feita pelo fabricante do produto. Porém, outros especialistas também podem realizá-la. De qualquer forma, a empresa que adquiriu o EPI será a responsável legal pelo instrumento.

Controle de validade

Controlar os equipamentos é uma das melhores formas de manter os produtos bem conservados. Esse processo pode ser feito de maneira manual ou automatizada. Atualmente, muitas empresas utilizam softwares para simplificar essa administração. Nesse caso, os aparatos são registrados em um sistema que realiza o monitoramento.

Após a passagem da validade, o software avisa aos responsáveis, em forma de alarme ou notificação, que a inspeção deve ser feita. Esse tipo de procedimento é mais comum em médias e grandes empresas.

Procedimentos de limpeza

Alguns EPIs não precisam de uma inspeção por lei. Porém, é fundamental que ele esteja dentro da validade e higienizado durante a utilização. Caso contrário, além do riscos em espaço confinado durante o trabalho, a sujeira pode causar problemas de saúde para colaboradores. Esse requisito é ainda mais importante para capacetes, óculos e respiradores.

Esses procedimentos de limpeza são simples e podem ser realizados pelo próprio usuário. O recomendado é que a higienização seja feita antes e após a utilização dos itens. Dependendo do tipo de aparato, as formas de limpeza serão diferentes. Por exemplo, uniformes, luvas e perneiras podem ser higienizados com sabão neutros. Já os óculos, capacetes e calçados podem ser limpos com um pano úmido ou apenas papel toalha. Evite produtos abrasivos ou corrosivos.

A armazenagem desses itens também deve ser levada em consideração. Caso contrário, o acúmulo de sujeiras será muito maior, diminuindo a produtividade da equipe. Portanto, o ideal é que os produtos sejam guardados em um local limpo, com temperatura ambiente e pouco índice de poeira. É imprescindível que todos os itens sejam guardados secos, para evitar a proliferação de bactérias. Além disso, eles nunca devem ser armazenados com outros tipos de produtos.

Gostou do nosso artigo? Em nosso blog você encontra outros conteúdos e dicas de segurança para serviços de alpinismo industrial. Somos uma empresa de trabalho em altura, que realiza limpeza de fachadas, manutenção completa, entre outros. Nossos colabores seguem de forma rígida os processos de manutenção de EPI para garantir a segurança nos serviços. Para saber mais, navegue pelo nosso site ou entre já em contato!

Posts RecentesCategoriasTags